segunda-feira, 1 de março de 2010

Chegada na Colômbia

Passar pela fronteira Equador-Colômbia não foi difícil, mas neste novo país todos estão mais apreensivos e atentos. Mudamos alguns hábitos da Caravana, por segurança: a partir de agora, não viajamos depois do pôr-do-sol, andamos com as janelas e cortinas fechadas e não paramos para tirar fotos ou filmar as paisagens. Também temos evitado colocar as câmeras fotográficas e filmadoras para fora do ônibus.


Mesmo com toda a tensão (agora, qualquer parada é motivo de apreensão), a Colômbia tem nos surpreendido com suas esplêndidas paisagens e povo acolhedor. Todos estão sempre dispostos a dar alguma informação, conversar conosco e, sobretudo, se interessam bastante pelo projeto da Caravana. Mas, é claro, não foram apenas flores: além das belas montanhas, também vimos alguns homens do Exército, armados, guardando pontes e trechos da estrada - mas nada grave.



Devido ao caminho sinuoso, não conseguimos ir além dos 300km e decidimos  mais prudente dormir em Popoyán - a três horas de Cali, onde estávamos planejados de ficar originalmente. Amanhã, teremos um longo dia de viagem até Bogotá (as informações são difusas, mas estima-se que demore entre 10 e 16 horas para chegar) - nada que os caravaneiros não estejam acostumados, há quase um mês e meio de Inulatão.


Um comentário:

  1. Priscila Mendonça1 de março de 2010 22:57

    Este blog está sendo muito útil! Muito bom ter notícias atualizadas :)

    ResponderExcluir